terça-feira, 27 de março de 2012

Os Candidatos

                                                              Ambientação
Em uma movimentada avenida em uma das metrópoles Brasileiras encravado entre grandes edifícios,encontra-se o Escritório da Burocracia Política,um pequeno escritório,simples mas aconchegante,onde todos os que pretendem candidatar-se a algum cargo público devem,sem distinção de partido,comparecer para uma entrevista avaliadora,sem o comprovante de aprovação do Escritório da Burocracia Política é impossível alguém almejar cargo público.

                                                                Chegada
Barulho forte de frenagem na avenida em frente ao escritório,gritos,correria,xingamentos,um grande alvoroço,como diziam os antigos,um buruçú chama a atenção do burocrata atendente do escritório que corre assustado para a porta,abre e dá de cara com um "gorila",surpreso se pergunta quem colocou aquele "armário" na frente da sua porta,e como vai chegar a outra porta que dá na rua,como num passe de mágica o "armário" se move e eis que aparecem dois personagens,apressados entram no escritório sob protestos e gritos de fura filas,o atendente corre para tomar o seu lugar na sala e acena para que o "armário"feche a porta.

             Começa entre cochichos,trejeitos nas cadeiras,caras e bocas,o insólito diálogo.

O burocrata
-Vamos as apresentações,sou o Sr: Ambiel de Almeida Cacha,o Sr: da esquerda seu nome?
Personagem 1
-Sr: não!Dr:,Dr: Ferdi
-O Sr: da esquerda,nome por favor?
Personagem 2
-Sou o Sr: Sase.
-Dr: Ferdi,Sr: Sase estão conscientes da responsabilidade do ato de estarem aqui,sem esta entrevista e sem o comprovante que disponibilizarei ou não,dependendo:É interrompido.
Dr: Ferdi cochicha ao ouvido do Sr: Sase
-Esse bundão nem sonha que só estamos aqui por que o cara do tráfico de influência resolveu inflacionar,está cobrando os olhos da cara,aquele corrupto.Sr: Sase responde com o mesmo gesto,e tem aquela CPI,não dá pra buscar dinheiro no exterior;Dr: Ferdi completa,não associe,não associe dá azar.
-Os Senhores querem dizer alguma coisa?
-Não,não,não nada não
respondem juntos
-Podemos continuar?
-Sim,sim,sim.
-Vamos ao questionário de praxe,as perguntas serão feitas em ordem aleatória e o Senhores terão cerca de quinze minutos para responder,entendidos?Dr: Ferdi?
-Entendi
-Sr: Sase?
-Entendi
-Vamos a primeira pergunta,o que os Senhores podem dizer sobre distribuição de renda?Dr: Ferdi?
1-O Sr: Sase vai responder
2-Por que eu?ele perguntou pra você,quero dizer para o Dr:
1-Faça essa cortesia para o cidadão,uma pergunta tão simples
2-Simples?então responda o Dr: 
1-Sr: Sase fale como nós somos a favor da distribuição de renda,mas não associe,não associe
2-Por ser um tema delicado vou pedir a minha assessoria que faça um relatório e lhe entregue em alguns dias.
-Não sei o que dizer,normalmente as pessoas respondem a pergunta,mas não vamos nos ater a apenas uma questão,vamos a próxima.
1-Ao pé do ouvido do Sr: Sase,bela saída,você ainda vai ser presidente,eu não teria pensado nisso,ótimo,ótimo.
-O que os senhores pensam sobre a reforma agrária?
Um silêncio profundo toma conta do ambiente,cinco minutos depois o burocrata quebra o silêncio
-Vocês tem só mais dez minutos para responder.
1-Como ousa nos chamar de vocês,eu sou um Dr: não sou um vocês qualquer
2-Isso mesmo,quero ser tratado no mínimo de Sr:
-Eu fiz apenas uma associação,duas pessoas,vocês,não vejo nada de mal.
1-Falando baixinho;Ele associa,ele associa,estou dizendo esse cara é da esquerda,esse jeitinho de burocrata não me engana.
-O que disse Dr:?O Dr: quer responder a pergunta?
-Que pergunta?
-O que o Dr: pensa sobre a reforma agrária?
1-É sério
Novamente o silêncio toma conta do ambiente,mais cinco minutos e o burocrata desperta.
-Estou esperando a sua resposta Dr:
1-Respondi com eloquência a cerca de dez minutos
O burocrata vai verificar no papel onde esta o espaço para respostas e encontra apenas "É sério"
-Dr: isto não é resposta que possa ser considerada satisfatória,apenas é sério,o que quer dizer?desenvolva
1-O que é isso?o cidadão pergunta sobre reforma agrária agora vem falando em desenvolvimento,isso é subterfúgio o Sr: é da esquerda eu sabia é cria da oposição,não respondo sob protesto.
2-Apoiado,apoiado.
-Mas isso aqui não é comício! o Dr: e o Sr: precisam apenas responder poucas perguntas pegar o formulário e pronto.
Toca o interfone,é a secretária,assustada com o alvoroço na porta do escritório
-Senhor Cacha a entrevista vai demorar.
-Por que D. Gláucia?
-Esta se formando um tumulto aqui na porta,empurra empurra e muito mais,estão dizendo que os dois que estão ai com o senhor furaram a fila.
-Os senhores ouviram,vamos terminar logo esta entrevista,só mais uma pergunta,o que o Dr: e Sr: acham do programa espacial Brasileiro?Sr: Sase?
2-Ainda estou sob protestos
-Dr: Ferdi?
-É um assunto delicado,vou mandar minha assessoria fazer um relatório e lhe enviarei em alguns dias.
Ele responde e cutuca o Sr: Sase,colou?
-Essa seria a última pergunta,mas eu preciso de pelo menos uma resposta,vamos ver...
A secretária bate a porta
-Entre!
-Sr: Cacha estão impedindo a passagem das pessoas na calçada e começaram a fechar a rua
-Calma D. Gláucia a entrevista terminará agora,fique tranquila
A secretária volta para sua sala
-Dr: Sr: vamos terminar essa entrevista por motivo de segurança,e segurança seria a próxima pergunta que será substituída por uma de fácil e rápida resposta,o que significa H2O?dez segundos para a resposta,uma dica,é a fórmula da à....é fórmula da à...
1-O que isso tem a ver com política,eu não vou ser químico pra saber de fórmulas.
2-Apoiado,apoiado
-Senhores respondam!
1-O cidadão esta alterado
2-Apoiado,apoiado
1-Não vou responder a esse bárbaro
2-Apoiado,apoiado
-Vou lhes dar o formulário!
2-Apoiado,apoiado
-Tomem e sumam daqui!
2-Apoiado,apoiado
1-Ele esta nos enxotando,e você esta apoiando
2-Mas nos deu o formulário
1-Apoiado,apoiado
-Saiam,saiam e levem esse "armário" de vocês.





sexta-feira, 9 de março de 2012

A Capa Do Livro

Não sou de uma só amante
como dizem os falantes
sou de duas belas,amante

Bígamo! gritam os conservadores
desejando incontinente imitação
mentiroso! gritam os gaiatos
não tens sequer uma,que dirá duas

Como que alheias aos gritos
elas me acompanham digo
desde tempos idos

Por algum tempo as duas desdenhei
mas pródigo aos seus braços retornei
pois nada melhor eu encontrei.

A uma dedico o gesto
expressão é beleza,erudição
a outra dedico contato,comunicação
é vida,o ar que respiro,paixão



quinta-feira, 8 de março de 2012

Um feliz oito de março,pra quem é e pra quem respeita a mulher,a luta continua.